logo
  • Ies Brazil

 

Enquete

Gás de Folhelho

Vamos ter uma revolução do gás de folhelho no Brasil?

» Go to poll »
1 Votes left

jVS by www.joomess.de.

Mídias Sociais

FacebookTwitterLinkedin

Descoberto o maior depósito de terras raras do mundo

A junior company Pacific Century Rare Earth Minerals e a SRE Minerals informam ter descoberto, em Jongju na Coréia do Norte, possivelmente o maior depósito de terras raras do planeta.

Segundo a junior o depósito tem um potencial de 6 bilhões de toneladas. Os principais TR são lantânio, cério e o praseodímio. O mineral predominante é britholita cuja fórmula é (Ce,Ca,Th,La,Nd)5 (SiO4,PO4)3(OH,F).

Caso confirmado, via um relatório Jorc, ainda não elaborado, esse depósito irá sextuplicar as reservas da China que é a maior produtora do mundo de terras raras.

Os furos iniciais mostram um depósito de 6 bilhões de toneladas com teores variando entre 9% de TR totais até 1,35% TRT. O conteúdo total de TR é de 5,45 milhões de toneladas. O jazimento de Jongju está situado somente a duas horas da capital Pyongyang e a 30km das jazidas de carvão de Anju.

Equilíbrio mundial pode mudar

Com a descoberta do que se fala ser a maior jazida de terras-raras do mundo na Coréia do Norte o jogo de poder, feito pela China, poderá mudar significativamente.

A busca incessante pelos metais do grupo das terras-raras se estende aos confins do planeta e busca aplacar o enorme controle que os chineses têm sobre esses metais estratégicos. A China controla 95% da produção mundial.

Como não poderia ser diferente o mercado reagiu à descoberta de Jongju feita pela Pacific Century e os preços caíram. A China, em função dos desdobramentos, anuncia que irá reduzir a sua cota de exportação em 2014.

Consequentemente a Minmetals e outras grandes produtoras chinesas terão uma cota de 15.110 toneladas para a primeira rodada de exportações de 2014. Em 2013 as cotas somaram 31.001 toneladas, as mais altas em quatro anos.

Os terras-raras (TR) são 17 elementos sendo que os mais pesados são quase exclusivamente produzidos na China. Elas são fundamentais como catalizadores e na indústria dos eletrônicos de ponta como celulares, TVs, lasers e computadores. O interessante é que as TR ficarão totalmente controladas pela China, que já tem 95% da produção mundial e pela Coréia do Norte, tradicional inimiga dos Estados Unidos.

Geologo.com.br - 16/12/2013


Últimas notícias

As mais lidas