logo

Navegue por tags

academia anp concurso divulgação divulgação científica exploração geociências geofísica geologia IAG-USP INPE meio ambiente mercado mineraçao pesquisa Petrobras petróleo pré-sal produção SBGF SEG sísmica sísmica terrestre tecnologia treinamento

+ All tags

Enquete

Qual data você escolheria​ para ser proclamada​ como o Dia Nacional do Geofísico?
 
Clipping

RN terá a terceira maior mina de ouro do Brasil

A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, assinou na segunda-feira (23) um protocolo de intenções com a empresa Cascar Mineração, subsidiária da Crusader, responsável pela implantação de uma unidade fabril destinada à produção de ouro na Mina Borborema, em Currais Novos.Salvar

A exploração da mina em Currais Novos irá projetar o Rio Grande do Norte para o mundo. O diretor geral da Crusader, Rob Smakman disse que estava orgulhoso com o projeto e que pretende enfrentar os desafios, realizando um trabalho de alto padrão. "Iremos construir uma enorme mina de ouro no Rio Grande do Norte", declarou. Além de Smakman, participaram do evento o diretor administrativo-financeiro Ronis Bragança e o diretor de exploração, Aidan Platel.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, declarou que com a assinatura do protocolo será dada continuidade ao projeto de mineração no RN. "Temos uma matriz rica e que precisa ser mais bem explorada. O projeto da mina de ouro significa 8% da produção nacional. O nosso estado fica muito orgulhoso de receber esse projeto, pois o RN entra no mapa do mundo na área de mineração. Agradeço aos investidores pela confiança", declarou Benito.

A governadora Rosalba Ciarlini destacou a importância da parceria com a iniciativa privada. "Esse ouro já ficou muito tempo embaixo da terra. A mineração do estado pode e vai dar muitos frutos. Vai gerar oportunidades de emprego e renda. Vamos fazer o Rio Grande do Norte um estado autossustentável", declarou.

Projeto

O Projeto Borborema vai potencializar o setor mineral no Rio Grande do Norte, que, em uma análise inicial, será responsável por aproximadamente R$ 1,5 bilhão em investimentos nos próximos três anos. Para a Mina Borborema, o investimento é de R$ 400 milhões com estimativa de gerar 320 empregos diretos e 1.500 indiretos. A capacidade anual de produção é de cinco toneladas de ouro, o que representa cerca de 8% da produção nacional.

Além de Currais Novos, outros municípios da região do Seridó serão beneficiados com a movimentação econômica gerada pelo empreendimento, principalmente no tocante ao comércio e serviços.

Tribuna do Norte - 24/04/2012
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
banner Strataimage
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Últimas notícias

  • Saiba mais sobre Sismologia
  • Resultado do sorteio: Estilos Estruturais em Exploração
  • Curso online grátis: Magnetismo da Terra
  • Perspectivas da Exploração do Pré-sal em Águas Profundas
  • O Novo Marco Regulatório da Mineração no Brasil