logo
  • GlobalGeo Top Banner-04092014

 


Paradigm Campanha 28082014

IDS lança GPR Opera Duo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Com ajuda de um software que possibilita navegação através do Google Maps e Autocad, com precisão decimal de dados, o Opera Duo pretende mudar a forma como os profissionais do setor trabalham. Evitando rompimento tubulações e identificando ramais clandestinos de água, o equipamento será um importante aliado neste momento de crise de abastecimento hídrico.

Detectar interferências no solo e ver em tempo real todas as características de sua estrutura, sem a necessidade de enviar a leitura de dados para a análise de um especialista em Geologia. Esta é a inovação criada pela multinacional italiana IDS, fabricante de produtos para engenharia eletromagnética, está trazendo para o Brasil o OPERA DUO.

Trata-se da primeira máquina de detecção de utilidades urbanas que possibilita a representação das interferências no Google Maps e Autocad, permitindo a leitura dos resultados, com informações e imagens, no ato de sua utilização.

As vantagens desta nova tecnologia são: otimização de tempo, aumento da produtividade e maior assertividade no trabalho de leitura do solo.

O mercado poderá ver o funcionamento do OPERA DUO em primeira mão durante o lançamento oficial, que acontecerá no próximo dia 26/11, em São Paulo. Por conta da representatividade desta inovação para o País,  Paolo Papeschi, da divisão de Georadar da IDS Itália, estará no Brasil exclusivamente para o evento, e fará apresentação do produto, acompanhado pelo VP do Brasil, o Eng. Maurício Barroso Siqueira. 

"Percebemos que há um grande potencial de utilização desse tipo de equipamento por aqui devido às grandes obras. Empresas de telefonia, saneamento, companhias de gás são potenciais clientes, e todas aquelas que necessitam de um estudo detalhado do solo, pois o equipamento pode evitar acidentes como o rompimento de cabos de telefonia, fibra óptica ou tubulações durante obras e escavações, já que os resultados têm alta precisão", explica o VP.

O georadar é um sistema eletrônico com a capacidade de investigar os terrenos e os materiais com notável detalhamento, através da reflexão das ondas eletromagnéticas produzidas pelo sistema. Com o software do OPERA DUO é possível operar diretamente no local da detecção, com interface intuitiva. O aparelho tem manuseio fácil, com tela touch screen, permitindo o acionamento com os dedos ou caneta para tablet. A janela principal mostra o radar das duas antenas e um mapa georreferenciado que pode ser usado com GPS e conexão à internet. O software ainda é capaz de navegar no Google Maps, gerando imagens JPG e muitos outros formatos. Além disso, trata-se de um equipamento compacto, fácil de manobrar, permitindo seu uso em qualquer tipo de solo.

Um aliado na crise hídrica

Entre suas funcionalidades, o OPERA DUO tem a capacidade fazer mapeamentos e localizar tubulações sem a necessidade de quebrar vias e calçadas. Por isso, é recomendado no trabalho de combate ao furto de água, uma vez que detecta os ramais clandestinos com alta precisão.

A ideia da fabricante é oferecer para as empresas de saneamento essa solução, a fim de melhorar a gestão do uso da água, evitar fraudes e minimizar perdas financeiras. "Com o mapeamento preciso do OPERA DUO, esses furtos podem ser combatidos e os custos com as obras reduzidos", afirma Siqueira."Focamos no lançamento para o Brasil como uma ajuda para a crise no abastecimento.  Cada um litro de água recuperado, será um litro a mais para a população", completa.

Segundo o Ranking do Saneamento, divulgado Instituto Trata Brasil, fora de São Paulo a situação é ainda pior: o índice de perda em volume chega a 70,4% em Porto Velho e 73,91% em Macapá. A cada 10 litros de água tratada nas 100 maiores cidades do Brasil 3,9 litros (39,4%) se perdem em vazamentos, ligações clandestinas e outras irregularidades. A capital paulista acumula perdas totais de 36,30%.

Sobre a IDS

A IDS, Ingegneria dei Sistemi, é uma multinacional italiana com um centro tecnológico de desenvolvimento de produtos na área de engenharia eletromagnética. Fundada em 1980 e com sua matriz em Pisa (Itália), tem seis escritórios pelo mundo – Itália, Inglaterra, Canadá, Estados Unidos, Austrália e Brasil – e 500 funcionários com experiência em tecnologias sofisticadas. Possui 12 laboratórios técnicos que atuam em quatro divisões – Naval, Navegação Aérea, Aeronáutica e Georadar. Seu faturamento em 2013 foi de R$200 milhões.

A IDS Brasil é uma das quatro subsidiárias globais da multinacional italiana. Atuando desde o ano 2000, tem sido fundamental para a comercialização de soluções da IDS na América Latina, abrangendo todas as linhas de negócio da sede, oferecendo as soluções mais avançadas disponíveis no mercado para os setores da Georadar, Aeronáutica, Navegação Aérea e Naval.

Press Release - 26/11/2014

Comente este artigo



Atualizar

IHS KINGDOM 2015
SAExploration_2014

Últimas notícias

As mais lidas