compressao-roaming
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Em comemoração aos 25 anos do Protocolo de Madri, o Centro de Pesquisas Antárticas da Universidade de São Paulo realiza em 29 de setembro, das 9h às 18h, seminário "Brasil e o Sistema do Tratado da Antártica".

O Tratado da Antártica (1959) foi aprimorado paulatinamente com a introdução de diversas normas e convenções internacionais para o aproveitamento racional e a conservação de recursos naturais, que culminaram em um regime de proteção ambiental (Protocolo de Madri, 1991), que declara a Antártica como reserva natural, dedicada à paz e à ciência.

Neste ano, em que se comemoram os 25 anos do Protocolo de Proteção Ambiental do Tratado da Antártica (Protocolo de Madri), o Centro de Pesquisas Antárticas (CPA-USP) planejou realizar uma série de eventos comemorativos da efeméride, durante o Seminário “Brasil e o Sistema do Tratado da Antártica”.

O seminário contará com a participação de representantes do Itamaraty, do Ministério da Defesa, do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, bem como da comunidade científica que desenvolve pesquisa na Antártica. Esses especialistas oferecerão a sua visão sobre os aspectos da história brasileira na Antártica, detalhando a participação do Brasil na elaboração e consolidação do Sistema do Tratado da Antártica.

As inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas.

Faça a sua inscrição aqui.

Veja a programação aqui.

Local: EDIFÍCIO DA REITORIA: Sala do Conselho Universitário - Térreo

Endereço: Rua da Reitoria, 374, Cidade Universitária, São Paulo - SP

Informações: 3091-8119

Observação: Não confundir com a antiga sala do Conselho Universitário situada no Instituto de Estudos Avançados

usp seminario brasil antartica

Profa. Dra. Wânia Duleba (EACH-USP) e Profa. Dra. Rosalinda Carmela Montone (IO-USP) - Diretoria do Centro de Pesquisas Antártica - IGc USP

Comente este artigo



Atualizar

CGG Rodapé
CPGEO